Fazer compras no exterior é uma das atividades favoritas dos brasileiros que viajam pra fora. É impossível resistir aos preços imbatíveis que a gente encontra em paraísos de compras como Nova York, Miami e Orlando.

Concordo que hoje em dia é muito fácil fazer compras pela internet. É uma tendência que só vem crescendo, devido ao aumento na oferta de produtos e também porque está cada vez mais fácil comprar online.

Mas ainda existe uma certa magia em sair para fazer compras, principalmente quando a gente está visitando um lugar novo. Neste post você vai encontrar as nossas dicas para fazer compras no exterior com segurança e prazer, e sem perder tempo.

Dicas para fazer compras no exterior com sucesso

 1. Economize tempo comprando pela internet com antecedência

Uma boa idéia é fazer as suas compras pela internet com antecedência e mandar entregar diretamente no hotel ou hostel.

Observação importante: Embora hotéis e hostels sejam normalmente abertos a receber encomendas para os hóspedes, entre em contato com eles primeiro, para confirmar se eles prestam esse serviço e se há algum custo. Tente agendar a entrega para os dias em que você estiver hospedado e não antes da sua chegada.

Nós, brasileiros, somos famosos por comprar muito. Não abuse da boa vontade do pessoal do hotel, que muitas vezes não tem muito espaço para guardar pacotes. É bom maneirar também na quantidade e no tamanho das encomendas.

Melhor site para comprar online no exterior? Amazon

Viajando para os Estados Unidos, Canadá ou Europa? Use o Amazon. O Amazon é o site preferido de quem viaja para o exterior. E não é pra menos. O site é eficiente, fácil de usar, entrega sem problemas, e o melhor: quase sempre os preços são mais baixos que qualquer outro lugar. Daí você economiza tempo e dinheiro.

Dependendo de onde você vai estar, pode ser que não tenha como comprar aquela encomenda que os parentes e amigos adoram fazer quando alguém viaja para o exterior. E aí a internet (e o Amazon) ajudam muito.

Uma vez viajei para Key West, na Flórida, e uma amiga que é médica precisava de um instrumento bem específico. Eu passei o endereço do hotel para ela, que encomendou o aparelho pela Amazon e mandou entregar no meu hotel em Key West. Quando cheguei para o fazer o check in, o pacote já estava me esperando.

Atenção: dificilmente um hotel ou hostel vai enviar pacotes para você depois da sua partida. Se alguma encomenda sua ainda não tiver chegado quando você for deixar o hotel, avise ao funcionário do front desk para retornar o pacote (return to sender).

Dica: Na hora de colocar os dados da entrega, se possível coloque a palavra “ Guest ”  (hóspede, em inglês) na frente do nome. Isso vai ajudar o funcionário do front desk a identificar o dono do pacote.

2. Economise comprando em um Outlet

Outlets são shopping centers com lojas de fábrica, ou seja, os fabricantes vendem seus produtos diretamente ao consumidor a preços muito mais acessíveis que nas lojas convencionais. Você vai economizar muito comprando em outlets. Já vi descontos de até 60% em alguns lugares.

Outlets estão espalhados pelo mundo todo, mas são bem mais populares nos Estados Unidos e na Europa. No Brasil, um dos primeiros outlets foi aberto em São Paulo com o nome de Outlet Premium São Paulo e hoje reúne mais de 90 marcas como Calvin Klein, Diesel, Lacoste, Coach, Forever 21 e outras.

Enquanto estiver no outlet, experimente e teste os produtos que você comprar. Pode ser que você não tenha tempo para retornar à loja e fazer trocas depois, já que os outlets costumam ficar mais afastados dos centros urbanos.

Comprar em um Outlet ajuda a economizar bastante.
Comprar em um Outlet ajuda a economizar bastante.

Dica de brasileiro que compra muito: Procure uma loja de malas dentro do outlet. Compre uma boa mala e vá colocando as compras dentro. Muita gente faz isso. Aliás, é fácil identificar um brasileiro caminhando por um outlet. É só procurar por alguém arrastando uma mala!

Descontos adicionais em outlets: Outlets, especialmente nos Estados Unidos, oferecem coupons e livrinhos de descontos. A melhor maneira de conseguir esses descontos extras é visitar o site do outlet ou informar-se no balcão de informações (Customer Service) assim que chegar. Geralmente só o que eles pedem é o seu email para lhe enviar as promoções deles.

Esses são alguns dos melhores e mais baratos outlets do mundo:

Miami: Saw Grass Mills

Orlando: Orlando Vineland Premium Outlets

New York: Woodbury Commons e Jersey Gardens

Las Vegas: Las Vegas South Premium Outlets e Las Vegas North Premium Outlets

São Francisco: San Francisco Premium Outlets

Vancouver, Canadá: McArthurGlen Vancouver

Ellesmere Port, Inglaterra: Cheshire Oaks Designer Outlet

Pont-Sainte-Marie, França: McArthurGlen Troyes

Roma, Itália: Castel Romano Designer Outlet

Gotemba-Shi, Japão: Gotemba Premium Outlets

É bom também que você fique sabendo que geralmente os outlets ficam afastados dos centros urbanos. Pode ser que você tenha que fazer uma pequena viagem, de ônibus, trem ou shuttle, até o outlet.

3. Informe-se com o funcionário do front desk

Converse com os funcionários da recepção do hostel ou com o concierge do hotel e pergunte sobre as melhores áreas de compras da cidade e onde encontrar os melhores preços.

Nessas horas o funcionário do front desk é o seu melhor amigo. Eles costumam ser pessoas locais que com certeza estão bem informadas sobre as melhores opções de compras naquela região.

Pergunte sobre locais de compra que ofereçam várias opções de lojas, como shopping centers, malls ou outlets. Não se esqueça também daqueles lugares não muito badalados, que só quem mora ali sabe informar: supermercados mais baratos, lojinhas de artesanato, etc…

Dica: Você está planejando comprar muito? Então separe um dia e horário na sua agenda exclusivamente para visitar um outlet e fazer as suas compras maiores. Assim você poupa tempo para aproveitar mais o resto da viagem.



Booking.com

4. Vale a pena comprar no Free Shop?

Os free shops são aquelas lojas que ficam dentro dos terminais de embarque e desembarque internacional dos aeroportos do Brasil e do exterior. Neles você encontra produtos de primeira linha (ou importados) a um preço mais acessível, sem cobrança de impostos.

Os free shops dos aeroportos no exterior em geral são melhores do que os free shops dos aeroportos brasileiros, porque têm uma variedade maior de produtos. Mas lembre-se que qualquer produto adquirido em um free shop fora do Brasil entra no limite máximo de 500 dólares permitido para compras no exterior. Visite o nosso post Alfândega: Declarar ou Não Declarar onde nós falamos mais sobre isso.

Você vai notar que os preços dos free shops do Brasil (chamados de Duty Free) são mais altos que os preços dos free shops no exterior. Porém quando a gente volta de uma viagem internacional, nós, brasileiros, temos direito a uma cota extra de 500 dólares para gastar em compras no free shop de desembarque no Brasil. Você pode, inclusive, reservar os produtos online e só passar na loja do Duty Free pra pegar a encomenda.

Vale a pena? Depende muito do que você quer comprar. Na minha opinião é melhor não contar com o free shop do Brasil para compras de última hora. Você vai encontrar menos variedade e preços mais salgados.

Dica importante: Compras no free shop também estão sujeitas à cobrança de IOF se você comprar usando cartão de crédito ou débito. Prefira pagar com dinheiro em espécie (em Real, Dólar ou Euro). Mais abaixo nós falamos sobre isso.

5. Imposto de volta? Como é isso?

Você entendeu certo. Em alguns países, principalmente os europeus, o imposto que está agregado ao preço do produto (VAT) pode ser devolvido ao turista quando ele deixa o país.

Essa prática é conhecida como “Tax Free” e funciona assim: primeiro você guarda as notas fiscais. Depois preenche um formulário (você precisa pedir o formulário na própria loja onde fez a compra). E antes de embarcar de volta você apresenta todos os documentos em uma agência que fica dentro do aeroporto. Se tudo estiver de acordo, você receberá de volta o valor que pagou em impostos VAT pelos produtos adquiridos.

Na Europa, todos os países da União Européia praticam o Tax Free. Se você for visitar mais de um país, pode deixar para fazer uma declaração consolidada quando estiver deixando o último país do seu roteiro.

Nos Estados Unidos isso praticamente não existe, com exceção do estado de Louisiana, que tem algo mais ou menos parecido. Outros países da América que devolvem os impostos são a Argentina, o Canadá e o México.

Quanto você vai receber de volta pelo VAT?

As regras variam muito de país para país. Em média, você deve receber de volta algo entre 10 e 15% do valor da compra. Não são todos os produtos que qualificam e pode depender também da quantidade ou pode ser que haja um valor mínimo necessário para ter o reembolso. Também não são todas as lojas que participam do Tax Free. Melhor perguntar na loja.

Complicado? Um pouco. Mas vale a pena. O reembolso pode ser em dinheiro em espécie ou através de crédito no cartão. Ajuda um pouco na hora de voltar pra casa, antes de começar a pagar as contas…


Generic 50 300x250

 6. Lojas da Apple: um caso à parte

As lojas da Apple (Apple Store) estão entre as lojas preferidas dos brasileiros. Você vai encontrar lojas da Apple pelo mundo todo. Só em Nova York são 5.

Sem dúvida, vale a pena visitar uma loja da Apple, principalmente nos Estados Unidos. O preço compensa. Pelo menos nos produtos mais caros, que saem mais baratos do que se forem comprados no Brasil, mesmo pagando os impostos na alfândega.

Seja pelo produto, seja pelo design da loja, seja pelo preço, não há duvida que visitar uma Apple Store é uma experiência marcante.

7. Como pagar pelas compras no exterior

Dinheiro em espécie, cartão pré-pago ou cartão de crédito? Qual a melhor opção na hora de pagar pelas compras que você faz no exterior? Quando você for fazer uma viagem internacional, o melhor é ter mais de uma opção de pagamento em mãos para pagar pelas suas despesas.

Para compras pela internet, você terá que usar cartão de crédito, cartão pré-pago ou um sistema de pagamentos online como o Paypal, dependendo do site onde vai comprar. Já o dinheiro em espécie é aceito praticamente em qualquer loja.

Os antigos traveler’s cheques caíram em desuso depois que surgiram os cartões pré-pagos, que são mais fáceis de manejar e mais seguros. Você carrega o cartão com o montante desejado. A qualquer momento você pode adicionar mais fundos ou até sacar dinheiro em caixas eletrônico.

Você precisa saber também que o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6.38% é aplicado quando você faz compras com o cartão de crédito no exterior. Já para os cartões pré-pagos o IOF é aplicado no momento da carga do cartão. E quando você comprar dólares ou outra moeda estrangeira no Brasil, também vai ter que pagar o IOF de 1.1%.

Veja mais dicas sobre as diversas maneiras de carregar dinheiro em uma viagem ao exterior.

Mais dicas de compras no exterior

Guarde sempre a nota fiscal. Nos Estados Unidos nem é preciso pedir, eles quase sempre dão a notinha junto com a compra. A nota fiscal é útil no caso de você ter que fazer alguma troca ou precisar devolver algum produto, e também na hora de regressar ao Brasil e passar pela alfândega.

Para finalizar, não se esqueça de usar o bom senso e se precaver contra algum problema eventual. Por exemplo, se você estiver se hospedando em um hostel, guarde suas compras nos armários (lockers), principalmente se você estiver hospedado em um quarto compartilhado (veja as nossas dicas de segurança em hostels aqui).

Tente deixar as compras dentro da mala trancada com cadeado. Deixe para comprar artigos de valor quando você já estiver mais perto de viajar, ou use os cofres do hotel para guardar o que puder.

E você? Já fez compras no exterior? Deixe a sua dica nos comentários abaixo.

Quer ver o que mais você precisa para viajar? Visite a nossa página Tudo Para a Sua Viagem.

Boas compras!

Vai viajar?

Use o nosso
CHECKLIST DE VIAGEM

Inscreva-se para receber as nossas DICAS DE VIAGEM no seu email. BÔNUS: Ao se inscrever, nós lhe enviaremos grátis o nosso CHECKLIST DE VIAGEM pra você não se esquecer de nada na hora de fazer as malas.

Alguma coisa aqui não está certa. Por favor tente de novo.

Nada de spam! Política de Privacidade